sábado, 23 de novembro de 2013

É difícil ser humilde, quando se é o melhor

O PERIGO DO PRESTÍGIO

Nada há mais perigoso para o cristão do que o desejo de alcançar "fama". É um laço do diabo. Têm havido muitos servos de Deus que se inutilizaram em conseqüência dos seus esforços humanos como fim de manter um "nome".

Se eu tiver adquirido uma determinada reputação em qualquer dos diversos serviços que presto ao Senhor - ou como um ativo evangelista, ou como mestre capaz, ou escritor hábil e claro, ou homem de oração, homem de fé, ou como uma pessoa verdadeiramente santa e consagrada, e também amiga de fazer bem aos outros, etc., enfim se tiver ganhado prestígio num destes campos qualquer - fico sob o perigo iminente de naufragar na fé.

É porque o inimigo procura sempre tornar a minha própria reputação um objetivo a alcançar em si mesmo, em vez de ser Cristo o único objetivo a procurar. Sem me dar por isso vou esforçando-me por manter o meu bom nome em vez de procurar a glória do nome de Cristo à minha volta. Isso me ocupará com pensamentos humanos, em vez de me manter olhando diretamente para Deus.

E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado. - Mateus 23:12

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? - Jeremias 17:9

Autor desconhecido