Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Dirigindo-se a Deus Pai - Bruce Anstey

Imagem
A expressão Pai Celestial é frequentemente usada pelos cristãos se dirigindo a Deus em oração. Eles estão convencidos de que esta é a maneira que nós temos de nos dirigir a Deus, porque o Senhor ensinou aos seus discípulos a orarem dessa maneira e Ele mesmo falou de Deus como Seu Pai Celestial (ou dos céus).
É realmente verdade que o Senhor ensinou seus discípulos a se dirigirem a Deus em oração como “Nosso Pai que estás nos céus”, a referirem-se a Ele como “o Pai celestial” deles (Mat. 6:9, 14 etc.).
Isto foi porque, naquele tempo, os seus discípulos eram um grupo terrenal de crentes, tendo promessas e esperanças terrenas, e o destino deles era viver na terra o reino que Deus prometeu estabelecer – se a nação o recebesse como Seu messias. Eles eram discípulos judeus esperando por um Messias Judeu para ser recebido pela nação de judeus. Os discípulos não eram cristãos naqueles dias, embora eles tenham nascido de novo crentes no Senhor Jesus. Desde que suas vidas e esperanças eram ter…

A semente de mostarda

Imagem
Leitura: Mateus 13:31-32
Nas duas outras parábolas ficou claro que o semeador é Jesus e que o seu campo é o mundo. O significado da semente variava: na primeira era a Palavra de Deus e na outra eram as pessoas. Agora a semente é de mostarda e a ênfase é colocada na planta que ela produz.
O reino dos céus começou tão pequeno quanto a menor de todas as sementes. Quem imaginaria que as crenças de um punhado de jovens de classe média liderados por um carpinteiro seriam adotadas por mais de um terço da população da Terra? Hoje mais de 2 bilhões de pessoas se dizem cristãs.
Aquela minúscula semente virou uma árvore grande o suficiente para as aves virem morar nela. Você já sabe quem é o semeador, o que é o campo, a semente e a árvore. E as aves? Quando quiser saber o significado de algo na Bíblia, pergunte à Bíblia.
No primeiro livro da Bíblia, Gênesis, você encontra uma serpente no jardim do Éden iludindo Adão e Eva. No último, Apocalipse, você lê sobre "o dragão, a antiga serpente, que é…

O Julgamento dos Vivos e dos Mortos - Bruce Anstey

Imagem
Clichê (sem fundamento): Toda pessoa que rejeitar o Evangelho aparecerá diante o Grande Trono Branco no fim dos tempos para ser julgada e lançada no inferno.
Muitos têm a ideia de que todos os descrentes serão julgados num dia de julgamento final, quando então serão lançados no lago de fogo – inferno.
É verdade que haverá um dia de julgamento final no fim dos tempos, mas isso não envolve todos os descrentes.
O julgamento do Grande Trono Branco será um julgamento somente dos ímpios mortos (Ap 20:11-15).
Há outro tipo de descrentes que serão julgados muito antes daquele grande dia de julgamento. É o julgamento dos vivos.
A Palavra distingue esses dois julgamentos dos ímpios e nos diz quando eles ocorrerão.
Diz: “(...) e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino” (2Tm 4:1 ; At 10:42 ; 1Pe 4:5).
Assim, o julgamento dos (ímpios) vivos será na Sua vinda e o julgamento dos (ímpios) mortos será feito no fim do Seu reino de 1.000 anos (Ap 20:7-15).
No S…