domingo, 2 de março de 2014

É possível ver Deus?


João 1.18 (e 1 Jo 4.12) deixa claro que ninguém jamais viu a Deus, nem mesmo Moisés. O que Moisés pôde contemplar foi a glória de Deus, mas não a Sua face. Creio que não poderemos ver a Deus mesmo depois de nossa partida deste mundo. Vamos ver a Cristo, Deus feito homem, mas nunca poderemos contemplar a face de Deus fora de Cristo. Deus se manifestou, na Pessoa de Cristo, fazendose homem. Jesus Cristo é Deus e nEle habita a plenitude da divindade. A Ele sim, poderemos ver como Ele é.

No Antigo Testamento, quando é dito que o Senhor aparecia a alguém (como apareceu a Abraão junto com dois anjos, antes da destruição de Sodoma), é sempre a Pessoa do Filho eterno, o Senhor Jesus Cristo, numa forma humana. Ele ainda não se fizera carne, como aconteceu no Novo Testamento, mas assumia uma forma humana visível assim como faziam os anjos. Mas Deus, na Sua essência, nunca foi visto por ninguém e jamais será. Mesmo depois de salvos e levados para o céu, Deus continuará sendo por demais sublime e elevado para nós. Evidentemente Ele nos satisfará em Cristo, em Quem todos os Seus atributos divinos estão. Mas a essência de Deus continuará inacessível ao homem, mesmo ao redimido. Ele habita, e continuará habitando, na luz inacessível (1 Tm 6.16), o céu onde homem ou anjo algum tem acesso.

Há vários céus que são mencionados na Bíblia. Há o céu que vemos, onde os pássaros voam, onde os relâmpagos brilham e de onde a chuva cai (Gn 7.23; Dt 11.11; Dn 4.21; Lc 17.24). Este céu passará (2 Pd 3.10,12). Há o céu no sentido de firmamento, ou expansão, onde estão o sol, a lua e as estrelas (Gn 1.14,15,17). Há ainda o céu onde se encontra o trono de Deus (Sl 2.4; 11.4; Mt 5.34), de onde o Senhor desceu e ao qual Ele subiu, onde também foi visto por Estevão (Mc 16.19; At 7.55; 1 Co 15.47. Talvez seja este o céu (terceiro céu) para onde Paulo foi arrebatado (2 Co 12.2) e onde os anjos, tanto os puros como os caídos, e Satanás estão (Jó 1.6; 2.1; Ap 12.79). O acesso que Satanás e seus anjos têm a Deus é limitado. Satanás ainda não foi expulso do céu onde se encontra, mas logo o será. Mas a Bíblia fala ainda dos "céus dos céus" (Dt 10.14; 1 Rs 7.27) e que haverá "novos céus" (2 Pd 3.13). Mas creio que o lugar inacessível a nós é onde Cristo subiu, "acima de TODOS os céus" (Ef 4.10).

Coisas novas e velhas


Ao terminar sua série de parábolas, Jesus mostra aos discípulos que estava trazendo coisas totalmente novas, coisas que judeu algum poderia entender, a menos que entendesse que o Antigo Testamento eram coisas velhas e se deixasse instruir nessas coisas novas que Jesus mostrava. Algumas são tão bizarras para os judeus que são consideradas blasfêmia.

Por exemplo, em Hebreus diz que o cristão tem ousadia para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus. O Santo dos Santos era o lugar mais interior do templo, onde somente o sumo sacerdote podia entrar uma vez por ano levando uma vasilha com o sangue de um animal sacrificado. Para um judeu é um absurdo dizer que alguém que não seja um sacerdote possa entrar no Santo dos Santos.

É impossível entender isso se você conhecer apenas as coisas velhas do Antigo Testamento e não as coisas novas, reveladas com a vinda, morte e ressurreição de Jesus. Não há como entender o Velho Testamento sem o Novo.

Por exemplo, quando o Antigo Testamento fala de templo, está falando de um edifício de pedras construído em Jerusalém. Quando Jesus falou de destruir o templo, fazia referência ao seu corpo físico. Quando os apóstolos falam de templo em suas cartas, é do corpo de Cristo, a igreja, e também do corpo do cristão individualmente que estão falando.

Se o Santo dos Santos representava a presença de Deus no antigo templo, agora é realmente o lugar da presença de Deus no céu. O Antigo Testamento é um livro de sombras e figuras que apontam para Jesus e para as coisas que você encontra no Novo Testamento.

Quando João Batista declarou de Jesus "este é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo", estava revelando a realidade daquilo que os judeus conheceram por figuras no Antigo Testamento, quando animais inocentes eram sacrificados como substitutos das pessoas pecavam. Agora o cordeiro definitivo tinha chegado.

Lição de casa: procure ler o Antigo Testamento tentando descobrir Jesus em figura nas suas páginas. Ao ler uma passagem pergunte: onde está Jesus? Quer um exemplo? No livro de Gênesis Adão foi colocado em um sono profundo, seu lado aberto e uma costela tirada para criar Eva. Jesus foi colocado no sono da morte, teve o seu lado aberto pela lança de um soldado para possibilitar a formação da igreja, também chamada de noiva de Cristo.

É claro que você precisará de um olhar de fé para enxergar essas coisas...

Fonte: texto de Mário Persona | http://www.3minutos.net/2008/10/55-coisas-novas-e-velhas.html

Nota de falecimento

Há alguns dias acordei de madrugada com muita falta de ar. Preocupado fiquei sentado na cama testando meus pulmões, respirando profundame...