Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

I Timóteo - Um Resumo Expositivo - H. Smith - Parte III

III. A ORDEM DA CASA DE DEUS

(Capítulos II e III)
Nesta divisão da Epístola, o apóstolo demonstra o caráter da Casa de Deus (2:1-4); o testemunho da graça de Deus que deve fluir da Casa (2:5-7); a conduta própria de homens e mulheres que formam a Casa (2:8-15); as qualificações necessárias a quem exerce ofício na Casa (3:1-13); e finalmente o mistério da piedade (3:14-16).
(a) A Casa de Deus, uma casa de oração para todas as nações.
(Capítulo I vs.1-4). (Is. 16:7; Mc. 11:17)
(v.1) A Casa de Deus é caracterizada como um lugar de oração. As petições que sobem a Deus da Sua Casa devem ser marcadas por deprecação ou súplicas sinceras por uma necessidade especial surgida em circunstâncias particulares; por meio de “orações” as quais expressam desejos gerais apropriados para todos os tempos; pelas “intercessões” implicando em que os crentes estejam em proximidade de Deus podendo pedir em nome dos outros; e finalmente, por “ações de graça” o que fala de um coração consciente da bondade de Deus, q…

I Timóteo - Um Resumo Expositivo - H. Smith - Parte II

II. O MANDAMENTO E SUA FINALIDADE (Capítulo I)
A Epístola se inicia insistindo nas doutrinas da graça (v.3), bem como a correta condição espiritual (v.5), a fim de que o povo de Deus possa ser uma testemunha de Deus como o Salvador.
(a) A saudação (vs. 1,2)
(v.1) Tendo em vista a Casa de Deus como uma testemunha do Deus Salvador, o Apóstolo se apresenta como um Apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus nosso Salvador e Jesus Cristo, esperança nossa. Então ele apresenta Deus como o Salvador do mundo e Cristo como a única esperança da alma. Separados de Cristo estamos sem esperança (Ef. 2:12; Rm. 15:12).
(v.2) Referindo-se a Timóteo, como seu próprio filho na fé, o Apóstolo deseja a ele graça, misericórdia e paz; mas, pensando nele como um crente, agora ele diz de “Deus nosso Pai” e Cristo Jesus “nosso Senhor”.
(b) O mandamento e sua finalidade (vs. 3-5)
Após a saudação, o Apóstolo imediatamente apresenta o propósito especial pelo qual ele escreve a Timóteo. Em primeiro lugar ele es…

I Timóteo - Um Resumo Expositivo - H. Smith - Parte I

I. INTRODUÇÃO
A leitura cuidadosa da Escritura demonstra claramente que muitas das Epístolas do Apóstolo Paulo são na maioria corretivas, tendo sido escritas para atender grandes desordens e ensinamentos errôneos que perturbaram as primeiras assembleias. Há, no entanto, Epístolas, como por exemplo, a Epístolas aos Efésios e a Primeira Epístola a Timóteo, que são em grande parte instrutivas, porquanto elas apresentam a Igreja na sua divina ordem de acordo com a mente de Deus.
Cada uma dessas Epístolas apresenta um aspecto especial da Igreja. Na Epístola aos Efésios a Igreja é vista composta por crentes unidos pelo Espírito Santo para formar o Corpo místico do qual Cristo no céu é a cabeça, assim apresentando a Igreja na sua relação celestial de acordo com os conselhos de Deus.
Na Primeira Epístola a Timóteo, a Igreja é vista composta por crentes “No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus em Espírito” (Ef. 2:22). Em conexão com esta grande verdade, a instrução da Ep…