sábado, 4 de janeiro de 2014

O que acontece depois da morte? Parte 2: O estado intermediário


 “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso” (Lucas 23:43)

HADES
“paraíso para os salvos, prisão para os perdidos”
A sepultura é a custódia temporária do corpo, Hades é a custódia temporária do alma e espírito, sejam eles justos ou injustos, salvos ou perdidos.

Hades e Seol são uma e a mesma coisa. Seol está em hebraico no antigo testamento e Hades está em grego no novo testamento. No Hades há um grande abismo separando os justos dos injustos, de modo que ninguém pode passar de um para outro (Lc 16.26), o destino dos que se acham ali está determinado. Os justos estão no paraíso e os injustos em prisão aguardando pela sentença final no grande trono branco (Ap 20,11-15).

Pessoas neste estado fora do corpo são totalmente conscientes tendo memórias e emoções, mas não tem conhecimento das coisas que estão acontecendo neste mundo, uma vez que estão em outro, “os mortos não sabem coisa nenhuma” (Ec 9.5).

O ABISMO
“confinamento temporário para os espíritos angélicos maus”
É um lugar temporário de confinamento para os espíritos angélicos maus, que serão lançados no abismo quando o reino de Cristo se estabelecer na terra (Is 24.21.22). Alguns anjos maus já estão lá (2 Pe 2.4; Jd 6). Eles permanecerão lá até o grande dia do julgamento no fim dos mil anos de reinado de Cristo. Satanás também será preso no abismo durante o Milênio (Ap 20.1-3) após o qual ele será lançado no lago de fogo, o inferno (Mt 25.41).

Os anjos não estão sujeitos a morte e nem participam da ressurreição (Lc 20.35-36).

Fonte: parte do texto de “A Morte, o Estado Intermediário, a Ressurreição e o Destino Final”, de B. Anstey, 1990.
Link do texto completo: http://manjarcelestial.blogspot.com.br/2013/05/a-morte-o-estado-intermediario.html