sábado, 4 de janeiro de 2014

O que acontece depois da morte? Parte 1: A morte


A Bíblia não foi escrita para meramente satisfazer a curiosidade humana, mas para nos ocupar com o Senhor Jesus Cristo que é o único capaz de encher nossos corações e nossas mentes. Deus, todavia, tem se agradado em nos revelar muitas coisas em sua Palavra, concernentes ao futuro de nossas almas de modo que possamos ter uma “completa certeza da esperança” (Hebreus 6.11). "Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens" (1 Coríntios 15.19). Felizmente, temos esperança no próximo mundo também.
Os comentários que se seguem são alguns fatos que sabemos sobre a morte, o estado intermediário, a ressurreição e o destino final dos seres humanos.

Desde a vinda de Cristo temos agora o privilégio de saber mais a respeito da condição de “fora do corpo”. A morte não é o fim da existência de modo que as pessoas possam escapar das consequências dos seus pecados, as Escrituras falam que “aos homens está ordenado morrerem uma vez vindo depois o juízo (Hb 9.27).

A Palavra de Deus deixa claro que o corpo é mortal (sujeito a morte), mas a alma e o espírito são imortais.

HÁ SOMENTE DOIS MODOS DE VIVER
A Bíblia diz que há dois modos de viver: “para si” ou “para ELE [Jesus]” (2 Co 5.15).

HÁ SOMENTE DOIS MODOS DE MORRER
Também há somente dois modos de morrer:

1) Morrer “no Senhor” (Ap 14.13): que é morrer estando salvo e seguro de todo juízo sob a proteção da obra consumada de Cristo e assim gozar de eterna bênção com Ele para sempre. É uma morte preciosa aos olhos do Senhor (Sl 116.15).

2) Morrer “em nossos pecados” (Jo 8.24): que é sair deste mundo eternamente condenado pelo juízo. Uma morte que o Senhor não tem prazer (Ez 33.11), pois Ele não quer que nenhum pereça (2 Pe 3.9).

A MORTE
“separação da alma e espírito do corpo”
A morte física ocorre no ser humano quando a alma e o espírito se separam do corpo. Tiago diz “o corpo sem o espírito está morto” (Tiago 2.26). A causa da morte é o pecado “o salário do pecado é a morte” (Rm 5.12, 6.23).

Fonte: parte do texto de “A Morte, o Estado Intermediário, a Ressurreição e o Destino Final”, de B. Anstey, 1990.
Link do texto completo: http://manjarcelestial.blogspot.com.br/2013/05/a-morte-o-estado-intermediario.html