domingo, 2 de março de 2014

Coisas novas e velhas


Ao terminar sua série de parábolas, Jesus mostra aos discípulos que estava trazendo coisas totalmente novas, coisas que judeu algum poderia entender, a menos que entendesse que o Antigo Testamento eram coisas velhas e se deixasse instruir nessas coisas novas que Jesus mostrava. Algumas são tão bizarras para os judeus que são consideradas blasfêmia.

Por exemplo, em Hebreus diz que o cristão tem ousadia para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus. O Santo dos Santos era o lugar mais interior do templo, onde somente o sumo sacerdote podia entrar uma vez por ano levando uma vasilha com o sangue de um animal sacrificado. Para um judeu é um absurdo dizer que alguém que não seja um sacerdote possa entrar no Santo dos Santos.

É impossível entender isso se você conhecer apenas as coisas velhas do Antigo Testamento e não as coisas novas, reveladas com a vinda, morte e ressurreição de Jesus. Não há como entender o Velho Testamento sem o Novo.

Por exemplo, quando o Antigo Testamento fala de templo, está falando de um edifício de pedras construído em Jerusalém. Quando Jesus falou de destruir o templo, fazia referência ao seu corpo físico. Quando os apóstolos falam de templo em suas cartas, é do corpo de Cristo, a igreja, e também do corpo do cristão individualmente que estão falando.

Se o Santo dos Santos representava a presença de Deus no antigo templo, agora é realmente o lugar da presença de Deus no céu. O Antigo Testamento é um livro de sombras e figuras que apontam para Jesus e para as coisas que você encontra no Novo Testamento.

Quando João Batista declarou de Jesus "este é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo", estava revelando a realidade daquilo que os judeus conheceram por figuras no Antigo Testamento, quando animais inocentes eram sacrificados como substitutos das pessoas pecavam. Agora o cordeiro definitivo tinha chegado.

Lição de casa: procure ler o Antigo Testamento tentando descobrir Jesus em figura nas suas páginas. Ao ler uma passagem pergunte: onde está Jesus? Quer um exemplo? No livro de Gênesis Adão foi colocado em um sono profundo, seu lado aberto e uma costela tirada para criar Eva. Jesus foi colocado no sono da morte, teve o seu lado aberto pela lança de um soldado para possibilitar a formação da igreja, também chamada de noiva de Cristo.

É claro que você precisará de um olhar de fé para enxergar essas coisas...

Fonte: texto de Mário Persona | http://www.3minutos.net/2008/10/55-coisas-novas-e-velhas.html